Programa Hipertensão controlada funciona?

Muitas pessoas que chegam até este blog acabam por procurar informações sobre o programa chamado Hipertensão Controlada. O que desejam saber é se o Programa Hipertensão Controlada funciona ou se é uma fraude. A verdade é que esta pergunta sempre é válida e deveríamos fazer para qaulquer produto que tenhamos o desejo de adquirir. Responderei a esta questão ao longo do artigo. Quero, porém, falar um pouco sobre este problema que é a pressão alta para que você entenda, antes, o que de grave pode acontecer se você descuidar da pressão.

A pressão alta faz mal mesmo ou é mito?

A pressão desestabilizada, também chamada de hipertensão arterial, é designada pela pressão além de 14 por 9 (140 X 90 mmHg). É um distúrbio que não tem cura e, quando não é devidamente pesquisada, pode fazer subir o risco de desenvolve problemas de saúde graves, como infarto, derrame ou comprometimento renal. Eu sou uma pessoa que, até muito tempo atrás não fazia ideia disso.

Bem, a pressão alta não tem recuperação (não precisa chorar ainda… AINDA), mas pode ser controlada com remédios indicados pelo cardiologista, além de uma alimentação pobre em sal e gorduras e a prática regular de exercício físico (sim, você terá de fazer).

Em nosso site você vai saber mais sobre Dieta para baixar pressão alta

A pressão elevada é uma doença quase invisível. Geralmente, só causa sintomas como tonturas, visão turva ou falta de ar quando a pressão está muito elevada, durante o que chamamos de crise de hipertensão. Nestes casos, ocorre um aumento rápido e severo da pressão arterial com níveis de pressão diastólica, que deveria ser inferior a 90, acima de 120 mmHg, sendo recomendado o indivíduo procurar o pronto socorro.

hipertensão controlada funciona de verdade

Pacientes já hipertensos, em uso diário de remédios, podem apresentar valores de pressão alterados, mesmo sem sentir nada nem apresentar qualquer sinal externo de que está mal. Nesses casos, normalmente, é recomendado tomar uma dose extra do remédio que o paciente já utiliza e consultar o cardiologista para reavaliação e ajuste do tratamento.

Os sintomas de pressão arterial elevada não se manifestam em todos os pacientes, mas podem incluir Enjoos, Tonturas, Dor na nuca, Dificuldade para respirar, Visão embaçada e Dor no peito.

Caso o homem comece a apresentar estes indicativos, ele deve ser levado para o hospital para avaliação.

É normal, todavia, que a pressão arterial saia da normalidade em situações como susto, noite mal dormida, após uma discussão ou durante e após a prática de exercícios, não sendo, necessariamente, sinal de problemas de saúde.

O tratamento para pressão elevada pode ser feito com a ingestão diária de medicamentos anti-hipertensivos, como Enalapril, Losartana ou Lisinopril, por exemplo.

Além disso, para ajudar a tratar a pressão acima do normal é recomendado ingerir alimentos com pouco sal e gordura, indicada pelo nutricionista, e praticar exercícios físicos regulares, conforme orientação médica e de um preparador físico. É o mesmo conselho dada a quem descobriu que está com câncer. Isso é chamado de dieta anti câncer.

O paciente hipertenso deverá fazer acompanhamento com o cardiologista a cada 3 meses ou conforme orientação de seu esculápio. Ele pode também ler este artigo sobre como baixar a pressão alta.

Como controlar a Hipertensão de forma natural

A alta pressão ou, só, PA alta é estopim certo para diversas dificuldades- e não apenas aqueles que envolvem o sistema circulatório. “Normalmente, um paciente com pressão igual ou superior a 140/90mmHg é diagnosticado como hipertenso. São pessoas mais sujeitas a sofrer com falhas no coração, nos rins e até no cérebro” explica o cardiologista André Luiz Grande.

A doença é crônica, ou seja, enfermidade que se mantém por períodos superiores a seis meses e não se tem resolução em um curto espaço de tempo. (não tem cura, mas pode ser controlada) e, por isso, é imprescindível fazer exames todos os anos e, às vezes, em até menos tempo para monitorar como andam seus batimentos cardíacos. Mas atenção: ter pressão alta não é sinônimo de ser hipertenso.

“Para ser considerado hipertenso, o indivíduo tem de permanecer com a pressão mais alta do que o normal” , dizem os especialistas na área. Isso porque, momentaneamente, qualquer homem está sujeita a uma variação na freqüência cardíaca. Uma atividade mais intensa ou momentos de estresse, por exemplo, alteram os resultados.

Alguns atos, no entanto, contribuem não só a prevenir a enfermidade como controlam níveis já anormais de pressão. Confira a seguir uma lista delas e reformule suas atividades para viver melhor.

Previna a pressão alta sem gastar com remédios

1. Cuide do seu peso – a gordura faz crescer o esforço do coração para conseguir trabalhar. O que acontece na verdade é uma coisa só: o músculo é precisa compensar trabalhando mais. “Como o bíceps de quem levanta peso, o coração de uma pessoa obesa acaba hipertrofiado” , explica os doutores especialistas no assunto. Com um risco: as lesões causadas pelo esforço excessivo podem se tornar irrecuperáveis.

2. Praticar atividades que tirem da inércia sempre que tiver oportunidade, principalmente as aeróbias, ajudam para a melhora de todo o sistema circulatório e pulmonar. Só tome cuidado com os exageros: antes de começar qualquer treino, procure um especialista e faça uma avaliação geral.

3. Não use sal em demasia – temperar demais com sal os alimentos na dieta leva à retenção de líquidos, levando a hipertensão. Por isso, diminua na hora de temperar aquilo com que vai se alimentar e diminua o consumo de enlatados e alimentos em conserva.

4. Evitar bebidas alcoólicas: O álcool exagerado é inimigo feroz da pressão normal. Suma com as bebidas da sua dieta ou consuma com muita moderação.

5. Alimentação mais regrada: Gorduras saudáveis e pouco sal são medidas que não podem faltar na dieta de quem quer manter o coração trabalhando normalmente. Acrescente ainda muitas frutas, verduras e legumes. Cortar a carne não é preciso, mas dê preferência aos cortes magros, ou seja, com menos gordura.

6. Drogas comercializadas normalmente: se o médico recomendou, não deixe de tomar. Mas nada de sair por aí imitando a receita alheia. Vale lembrar que alguns medicamentos podem elevar a pressão, como os antiiflamatórios e anticoncepcionais, ressalta o cardiologista.

7. Tabaco: em conjunto às outras substâncias tóxicas do cigarro, aumenta a pressão imediatamente além de comprometer toda sua saúde. Eliminar o cigarro é obrigação , alertam terapeutas da área da saúde.

8. Irritação elevada: ele aparece como resposta do organismo às sobrecargas físicas e emocionais, acarretando a hipertensãoe doenças do coração. Controle suas emoções e procure incluir atividades relaxantes no seu dia a dia.

9. Visite um médico regularmente: avaliações regulares não só ajudam a identificar o problema no começo, facilitando o tratamento, como servem para adequar o uso de medicamentos de forma mais eficaz.

10. Medir a pressão: nem que seja uma vez ao ano, todos os indivíduos devem fazer isso. Quem sugere isso é da Sociedade Brasileira de Hipertensão, que alerta para esse simples exame como uma forma de evitar problemas mais sérios.

Saiba mais: 10 maneiras de prevenir a pressão desestabilizada

Pressão Controlada Funciona?

O Programa Hipertensão Controlada é feito integralmente de maneira online, ou seja, você acessará de onde quiser e poderá, inclusive, rever o método para entender bem como é que você conseguirá controlar a hipertensão.

Veja os diversos depoimentos de pessoas que já iniciaram o método e estão obtendo resultados animadores, alguns, inclusive, já deixaram de tomar remédios (com acompanhamento médico, caro) e vivem normalmente sem as restrições que antes tinham. Tudo porque o programa ajudou a:

– Diminuir definitivamente sua pressão arterial

– Aumentar sua potencia sexual (melhorando a circulação e evitando problemas de disfunção causados por efeitos colaterais de remédios).

– Emagrecer e controlar seu peso

– Eliminar todos os efeitos colaterais dos remédios convencionais.

 

 

 

Programa Hipertensão controlada funciona?
Rate this post

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!